PALESTRA NA OAB/SC SOBRE APOSENTADORIA COM ADVOGADA DO SINPOL-SC

Como é de conhecimento de todos, uma das pautas do SINPOL-SC é a INTEGRALIDADE E A PARIDADE.


Assim, a missão do sindicato, através da sua equipe, é atuar de forma estratégica e inovadora para alcançar resultados que fortaleçam, restaurem e promovam os direitos da categoria. 👊🎯


"Eventos como esse são de extrema relevância para aprofundar os estudos, com debates e trocas de ideias entre a instituição, principalmente, auxiliando na elaboração de ações estratégicas em busca do direito de uma previdência digna para a categoria. Aproveito para parabenizar a OAB pela realização desse evento”. Afirmou Ricardo Buratto, Gerente do SINPOL-SC.


Para a Dra. Debora Niemeyer, Coordenadora Jurídica do SINPOL-SC, o evento representa uma oportunidade para debater o momento pós-reforma previdenciária, o qual se mostra ideal para projeções dos rumos a serem seguidos. Ao elaborar uma análise pessoal da situação, ressaltou que:


"A Polícia Civil foi uma das categorias mais afetadas e prejudicadas pela reforma da previdência de Santa Catarina. Trata-se de uma categoria essencial à sociedade, tanto que atuou na linha de frente para manter a continuidade dos serviços públicos, mesmo na pandemia. Ante a função social que a polícia civil exerce, por ser o primeiro local que todo cidadão busca para resolver as mais variadas situações, a ela deveria ter sido dado tratamento digno pela legislação. No entanto, ainda há tempo para reparação.”


Na foto: Dra.Tatiana Passos, da Niemeyer Advocacia; Dr. Everson Salem Custódio, Presidente da Comissão de Direito Previdenciário-Regime Próprio; Dra. Débora Niemeyer, Coordenadora Jurídica do SINPOL-SC; Dr. Ricardo Buratto, Gerente do SINPOL-SC.


Também estiverem presentes no evento, Claudiana Marques, do Setor de Previdência da PCSC; Dr. Fabio Teixeira, Diretor Jurídico do SINPOL-SC; Sócio e Secretário de Segurança de Palhoça, Alexandre de Sousa.